sexta-feira, maio 12, 2006

Contos de Outono

Ou " Duas histórias velhas que me envergonham, mas das quais tinha que me livrar"

Aos 17 anos Pedro conheceu Joana, a mulher que ele iria amar para sempre. Durou 3 meses. Aos 19 foi Mira, dessa vez sim, duraria para sempre. Acabou em 6 meses. Aos 21 surgiu Fabiana em sua vida, amor para toda a eternidade. O fim chegou em menos de 2 meses. Aos 22 ele decidiu que iria amar só por hoje, não querendo mais saber de amores eternos.

Hoje, Pedro tem 63 anos. Há 41 anos ama só por hoje Juliana.

*****

- Desculpa, mas eu não gosto de você. Não desse jeito.

E então ela chorou. Chorou muito. Chorou por 4 horas, 27 minutos e 33 segundos. Ininterruptamente. Por fim, ela decidiu que mais ninguém a faria sofrer assim. E nunca mais chorou.

Nem no seu casamento. Nem na morte de sua mãe. Nem no nascimento do primeiro filho.

4 comentários: